Blog

Saiba como evitar que a sua empresa sofra o “cancelamento”

Tudo começou em 2019, quando o dicionário australiano Macquaire elegeu “cultura do cancelamento” como o termo do ano e definiu a cultura do cancelamento como “um termo que captura um aspecto importante do estilo de vida. Uma atitude tão persuasiva que ganhou seu próprio nome e se tornou, para o bem ou para o mal, uma força poderosa”.

O que ninguém esperava é que o ano seguinte seria um ano atípico, no qual esse termo ganharia ainda mais força no mundo virtual, inclusive no dicionário de empresas e consumidores. Em 2020, o “cancelamento” se tornou mais frequente e praticado em tempos de pandemia, com o consumo de muito mais informação.

Acontece que a utilização desse termo se tornou popular ao se referir ao cancelamento de contratos com marcas e até mesmo pessoas. Cancelar alguém na internet, por exemplo, pode significar usuários que deixam de seguir determinados perfis nas redes sociais ou até um foco de mensagens negativas em determinada conta.

Possíveis cancelamentos

Assustador, não é? No caso das empresas e marcas, existem alguns tipos de “cancelamento” que devem ser evitados, pois nenhum deles é positivo para a imagem do negócio. Quando o seu produto não tem uma boa performance, o cancelamento pode correr a partir de problemas individuais que acabam ganhando uma proporção enorme após reclamações nas redes sociais ou sites como o Reclame Aqui.

O cancelamento também pode ocorrer por meio de fatores externos, como quando um fornecedor ou influencer da marca comete um erro que acaba repercutindo de forma que as pessoas associem diretamente à parceria com a sua empresa ou marca.

Além disso, ainda mais nos tempos atuais, quando o público entende que a empresa está tomando atitudes ou decisões que vão contra os valores tradicionais, o cancelamento também pode ocorrer. O mesmo acontece se o posicionamento ou engajamento da marca com uma causa é positivo, mas, na prática, é totalmente o oposto.

Evite o cancelamento

É fundamental que com a evolução do termo “cultura do cancelamento”, as empresas e marcas contem com profissionais de marketing digital, que já são indispensáveis de forma geral, para trabalhar a sua comunicação e, consequentemente, reduzir as situações que podem prejudicar o seu nome. Afinal, o impacto do cancelamento, como já vimos acontecer, reflete na imagem da marca, assim como em seu faturamento.

 

InfographyaSaiba como evitar que a sua empresa sofra o “cancelamento”