Blog

Content Marketing para Escritórios de Advocacia

Para começar a entender o Content Marketing para escritórios de advocacia, primeiramente é necessário conhecer a definição geral do termo que, traduzido para o português, significa Marketing de Conteúdo.

Trata-se da produção de conteúdos relevantes e de qualidade, cujo objetivo é gerar resultados, como o aumento de vendas, redução de custos e fidelização dos clientes.

Joe Pulizzi, fundador do Content Marketing Institute (CMI), nos Estados Unidos, define o Content Marketing como “uma abordagem estratégica de marketing focada em criar e distribuir conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público-alvo claramente definido — e, em última análise, conduzi-los a ações rentáveis como consumidores”.

Isso significa que o Marketing de Conteúdo visa além de engajamentos e interações, ou seja, visa resultados e conversões em vendas para o seu negócio. Mas, já que vamos falar especificamente sobre o Content Marketing para escritórios de advocacia, leia também as dicas que preparamos a seguir.

 

Content Marketing para Escritórios de Advocacia

 

No momento em que decidir montar as suas estratégias de Content Marketing, o advogado deve definir previamente cinco importantes questões:

  1. Seus objetivos de comunicação;
  2. Definição do público-alvo;
  3. Produção de conteúdo;
  4. Distribuição de conteúdo;
  5. Métricas de mensuração de resultados.

Somente após criar e definir esses cinco pilares, que são muito importantes para as suas ações de marketing, é que você pode começar a colocar em prática o Content Marketing. Mas, como começar a produzir esses conteúdos?

A seguir, confira cinco dicas infalíveis para produzir os seus conteúdos de Content Marketing.

1.      Defina os objetivos

Todo conteúdo a ser produzido precisa ter objetivos claros, que podem ser, por exemplo, a prestação de serviços, prospecção, educação, noticiar informações internas ou apenas entretenimento. Feito isso, é necessário ainda estabelecer o formato no qual o conteúdo será produzido, como texto, vídeo, podcast, etc.

Além disso, é fundamental elaborar uma linha editorial a partir do seu objetivo, que inclui as especificações do seu público alvo, ou seja, possíveis clientes. Assim, você se aproxima ainda mais do resultado pretendido.

2.      Entregue qualidade

Os conteúdos para Content Marketing devem ter qualidade e ser relevantes. Para isso, são necessárias total atenção e dedicação para produzi-los e para garantir o engajamento e o envolvimento dos possíveis clientes. Além disso, a qualidade do conteúdo é que vai determinar a sua autoridade como advogado especializado em determinado segmento.

Aqui vale destacar ainda que a periodicidade desses conteúdos importa, mas a prioridade deve ser sempre a qualidade e a relevância deles para o posicionamento do seu escritório, para gerar leads e para fidelizar os seus clientes.

3.      Escolha os canais de divulgação

Em suas estratégias deve ser definido antecipadamente ainda os tipos de conteúdo para cada tipo de canal, ou seja, para cada uma das redes sociais escolhidas para o seu trabalho. A partir disso, você poderá criar um cronograma, no qual irá estipular a quantidade, a periodicidade e os temas de todos os seus conteúdos.

Esse cronograma é fundamental para a produção de conteúdos assertivos para o Content Marketing do seu negócio e, principalmente, para a eficiência dos conteúdos que você irá produzir.

4.      Utilize uma linguagem clara

É extremamente necessário se atentar ao fato de que você irá escrever para o seu público final, ou seja, seus possíveis clientes. Sendo assim, usar o “juridiquês”, conhecido como a língua dos advogados, não é o ideal.

O ideal mesmo é utilizar uma linguagem simples, clara e objetiva, de modo que o seu público entenda com clareza tudo o que você quer passar com determinado conteúdo. Afinal, quanto mais difícil for esse entendimento, menos chances você tem do leitor se converter em cliente.

5.      Fuja do padrão

Use a sua criatividade para produzir conteúdos que se destaquem entre a infinidade de conteúdos que já foram produzidos por seus concorrentes. Para isso, mantenha-se atualizado sobre as novidades do mercado e busque informações do seu público, crie um relacionamento.

Lembre-se que estar presente no mundo digital é fundamental para os advogados. Isso porque é cada vez mais comum buscar na internet quando se precisa de serviços jurídicos. Sendo assim, você deve produzir conteúdos que forneçam informações, de forma prática e precisa, para quem realiza essas buscas no cotidiano.

Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos por e-mail
InfographyaContent Marketing para Escritórios de Advocacia